[PÃO]

crianças, forno & fogão


Bom dia!
Além da indiscutível tendência à redecorar minha casa a blogagem acendeu em mim o dom culínário.
Passeando pelo Frango – que eu adoro – topei com a receita de Pão de Olivas.
Apesar de a-d-o-r-a-r azeitonas nem dei muita trela para a receita por não estar no espírito de sovar massa. Olha o preconceito aí gente! Dias depois, volto por lá e vejo que a Fran reeditou a receita em forma de cupcakes.
Aí não me aguentei!
Arregacei as mangas, convoquei a pequena e fizemos o pão.
Foi a minha filhota quem quebrou os 5 ovos necessários para a receita, peneirou a farinha, adicionou o queijo.Pode chamar de trabalho escravo infantil, porém nós chamamos isto de diversão.
Ah! Fiz algumas adaptações: troquei o queijo gruyère por queijo prato ralado e dobrei a quantidade de vinho para a massa ficar mais fluida.
Paguei a minha língua preconceituosa por não precisar sovar nada.
Tudo misturadíssimo na batedeira.
Resultado:
panis et circenses
E no sábado, fui a uma festa infantil onde foi servido risosto de alho poró. Como em toda festa infantil, em pequenas cumbuquinhas. Estava booooooooooom. E eu, que tenho mania de risoto, fiquei com lombriga e repeti a receita aqui em casa, na segunda à noite.
Desta vez, quem me emprestou o caderno foi o Olivier -ui,ui,ui….(suspiros).
Óbvio que fiz minhas adaptações também, adicionando vinho branco no final do cozimento – o mesmo que usei no pão. Mas para mim, a dica de adicionar creme de leite fresco fez toda a diferença.
Olha aí o risoto acompanhado de pão 😉

Buon appetito!

luminária de tule

sorrindo

sobre fotos

COMO ACABAR COM OS ÁCAROS

presença

rice genérica

© Copyright 2024 | flaviaferrari.com.br | Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: mufasa