matrioskas & memórias

Quando eu era criança me recordo que, de quando em quando, íamos visitar uma amiga italiana da minha avó, a d. Luigia. Ela morava em uma casa grande, meio escura em uma cidade vizinha. D. Luigia tinha somente uma filha 10 anos mais nova do que a minha mãe então, toda vez que íamos lá, não havia brinquedos para mim. Porém, para entreter a criança, a filha sempre me emprestava uma boneca de madeira da qual saíam outras. Eu adorava! Não via a hora que ela descesse as escadas e me emprestasse “la grande mamma” – era assim que eu conhecia a boneca. Um dia, uma surpresa! Quando d. Luigia volta de uma viagem me traz uma “Grande Mamma” – sim! Uma boneca minha! Vocês não imaginam a felicidade que fiquei. Andou comigo por vários lugares.
Muito tempo depois, outra amiga da minha mãe vai para a Rússia e volta com mais um jogo de bonecas, desta vez para a minha mãe, e um simpático chaveirinho para mim. Mais alegria.

As “grandes mammas” sempre me pareceram muito charmosas e, na verdade, descobri que seu verdadeiro nome eram matrioskas anos depois do primeiro presente.

É por isto que me alegra demais ver esta onda de matrioskas na decoração, design, trabalhos crafters por aí afora.

Maravilhosa esta coleção de Matrioskas adornando a estante da sala, não?(casa e jardim)

E este cantinho do quarto com a almofada. Não é para sentar e sonhar? (design sponge)

Os modernos do Apartment Therapy usam como colcha…

mas a nossa Ruby mãos de fada faz uma linda bolsa…

e a Bella ao quadrado faz carimbos.

Porque memórias afetivas aquecem nosso coração em dias frios e chuvosos. Ah! Ficou curioso para saber por onde andam as minhas matrioskas? No quarto da pequena, óbvio. Um beijo e até amanhã, quando publico a casa cheia de significados que visitei.

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

  • bordados da ilha da madeirabordados da ilha da madeira é um bordado da Madeira com certeza?Esta vem de quando eu era criança...Há muito tempo […]
  • cômoda peregrinacômoda peregrina Um belo dia, a querida Mari Mari - amada e idolatrada, salve salve! - escreveu um post […]
  • eu me rendoeu me rendo Sim, tem o leque organizador de talheres.E agora tem almofadas rendadas sobre a cama. […]