[Casa]

clássicos


Outro dia eu estava na obra olhando para o chão. Logo que comecei a planejar a reforma uma das coisas que falei para a cliente é que não mudaríamos “de jeito nenhum”. Olhando com mais tranquilidade reparo que os tacos de madeira estavam assentados em forma de espinha de peixe. O que tem de tão especial nisto? Tem que estes tacos, esta forma de colocá-los é tão confortável em nossa vida que mostra que ela já vive em nosso inconsciente coletivo. Mesmo que você não tenha tacos assim em sua casa eles soam familiares, convidativos, queridos.
É um clássico. E esta sensação de “aquecer o coração” é que os torna mais clássicos ainda e os faz durar anos e anos.
(todas as imagens daqui)
Mesma coisa acontece com estas peças de design. Nunca tive nenhuma delas em minha casa, nem na casa de meus pais, nem de amigos próximos. Mas todas as vezes que as vejo parece que reencontro velhos amigos e me sinto super à vontade em usá-las.
É assim: um bom design não intimida, convida. Vive em nossa memória e em nossas vidas.
Assim, como a caneta. Que também é um clássico e este eu duvido que você nunca tenha usado.
Assim como as Cattleyas que para muita gente são o sinônimo de “orquídeas” (tanto que até uma mãe de um amigo meu classificou como “orquídea antiga”…) e vivem em nosso inconsciente como se sempre vivessem em nossas casas.É mais um clássico.
Por isto, eu desafio você: por mais moderna que você seja, olhando com carinho em sua casa tenho certeza que há clássicos. Mas eles são tão confortáveis para você que talvez não seja fácil notá-los…
Beijo enorme!

lei da atração

5 ITENS DE ORGANIZAÇÃO PARA A PENTEADEIRA

segredos do ovo cozido perfeito

Feliz Natal

maratona de dicas: como dobrar | #aDicadoDia

encapando o mundo

© Copyright 2024 | flaviaferrari.com.br | Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: mufasa