[ARQUITETURA]

cinderela


João Artacho Jurado (1907-1983) foi um empresário paulista, proprietário da Construtora Monções. 

Quando menino, nunca freqüentou escolas por proibição de seu pai. O genitor era anarquista e se recusava a deixar o filho jurar a bandeira, cerimônia obrigatória das instituições de ensino da época.
Autodidata e talentoso, o diploma não foi empecilho para que sua arte crescesse. 
Elaborou, projetou e construiu marcos da arquitetura no bairro de Higienópolis na cidade de São Paulo e em Santos, litoral do Estado. O Bretagne, o Parque da Hortências, o Cinderela, entre outros destacam-se e marcaram época com seu estilo único.

“Numa época de arquitetura racionalista, Jurado pregou a exuberância.
Misturou pilotis, pastilha, gradis, ornatos, boulevards internos, piscinas sinuosas nas coberturas, curvas acintosamente decorativas. Forma não era função, definitivamente. Era um “hollywoodiano”, um Gaudi dos anos 50. O espetáculo não era apenas o que saía de sua prancheta, mas também as estratégias de comercialização. Afinal, ele era empreiteiro antes de ser arquiteto.”
(fonte)

Ainda bem que ele era deste jeito. Atrevido, novidadeiro e criativo.

Porque assim eu pude visitar, ontem, o interior do Cinderela, e me deliciar com as ousadias estéticas de João Artacho Jurado.
Beijoca
PS: estas foram as fotos que tirei, mas o Google tem uma vasta galeria de imagens do Cinderela.

Estamos chegando…

boa páscoa

cortar cebola sem chorar | #aDicadoDia

Como limpar o controle remoto e como deixar tudo organizado

COMO LIMPAR O CONTROLE REMOTO E COMO DEIXAR TUDO ORGANIZADO

COMO TIRAR MANCHAS DE MÓVEIS DAS PAREDES | #ADICADODIA

10 dicas de limpeza com vinagre | #aDicadoDia

© Copyright 2024 | flaviaferrari.com.br | Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: mufasa