acolhida

Há duas semanas viajei para a Espanha. Fui à Santiago de Compostela aproveitar uma oportunidade única em minha vida.
A viagem foi programada meio que às pressas, no ensejo que se deve sempre escolher viver.
Com a programação em “cima da hora” me deparei com um problema: não haviam vagas disponíveis nos hotéis locais. A cidade abrigaria um congresso de dermatologia e quase todos os quartos estavam ocupados. Não posso dizer que fiquei desesperada, mas também não estava 100% confortável.
Apenas acreditei no destino e deixei a vida fluir, dizendo internamente que o que teria que acontecer, aconteceria.
Uma noite, navegando pela net, deparei-me com o Altaïr Hotel. Fiquei encantada com as fotografias do site e telefonei para eles. Falei com a Begoñia, simpaticíssima, que infelizmente me disse que não havia quartos disponíveis para toda a minha estadia – apenas para duas noites alternadas. Ela me recomendou outro lindo hotel (depois mostro as fotos) e recomendou que entrasse em contato com eles. 
Telefonei, o segundo hotel também não tinha vagas. Mas como ficava há apenas 20 metros do Altaïr, resolvi agendar as datas alternadas, flanando entre os dois hotéis.
Volto a ligar para a Begoñia e confirmar os dias livres.
Mas, 20 minutos depois toca o telefone em minha casa, aqui em São Paulo.
Era a mesma Begoñia, me contando que havia arranjado quartos para toda a estadia no Hotel Altaïr e me pedindo desculpas porque ela me faria mudar de quartos duas vezes, mas que ao menos não precisaria mudar de hotel. 
Eu, obviamente, aceitei o acordo com sorriso nos lábios.
Já havia sido seduzida pelas imagens do hotel, mas este ato me fez realmente cair de amores.
Vejam só como é a vida: uma pessoa, que só havia falado comigo duas vezes ao telefone teve a delicadeza de oferecer o que havia de melhor ligando diretamente da Espanha.
Fiquei comovida. 
Quando nos encontramos pessoalmente trocamos um longo e caloroso abraço, como amigas de longa data.
A vida é assim.
Nos presenteia com anjos pelos nossos caminhos.
Basta estarmos atentos para percebê-los.
O Altaïr Hotel é lindo, caloroso e verdadeiro.
Deixo muitas imagens dele hoje, para acolher e aquecer os corações de vocês.
Um grande beijo

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

  • o vermelhãoo vermelhão     Conta para mim se um vermelhão assim, desproporcional e […]
  • cortina de crochêcortina de crochê Nesta minha ida para a Espanha também visitei Toledo, uma linda cidade murada próxima a […]
  • árvore de pãesárvore de pães Vitrine de uma "Panadería" em Toledo (Espanha).Mostrando que podemos expor nossas idéias […]