olho no preço

Há quinze dias fui comprar arandelas para a casa nova. Junto com as arandelas, comprei as lâmpadas por pura facilidade. 
Chamei o eletricista e tocamos a instalação. No meio tempo, descobri que havia comprado algumas coisas erradas (spots de embutir ao invés de spots de sobrepor) e fui ao home center da cidade vizinha realizar a troca destes produtos e comprar mais algumas lâmpadas necessárias.
Neste local, para meu espanto, as mesmas lâmpadas que havia comprado por R$ 9,00 na loja das arandelas estavam sendo vendidas por R$ 18,90
Sim, mais do que o dobro do valor.
Confesso que fiquei passada com a situação.
Vivi a época da alta inflação deste país, quando saíamos enlouquecidos para o supermercado assim que o salário caía na conta corrente. Sempre dei valor ao dinheiro gasto, pesquisando e procurando a melhor oferta. Mas atualmente, com a “estabilidade econômica” tinha a sensação que estas discrepâncias absurdas de preço não ocorriam mais.
E eu não estava comparando uma lojinha de bairro (onde o proprietário tem menos poder de barganha e acaba pagando mais pelos produtos que compra) com um super atacadista. A loja de arandelas (do menor preço) é grande, mas é um negócio local. Ao contrário do super home center, poderoso, presente em várias cidades.
No fundo, a gente passa por estas experiências só para comprovar o que a gente sabia: a boa e velha pesquisa de preços não sai de moda.
E nos dias de hoje podemos contar com a internet como aliada: uma busca rápida já ajuda a balizar os preços.
Dei muita sorte ao ter feito a compra das tais lâmpadas (eram 11) no local mais barato – a partir de agora, não conto mais com a sorte. Pesquisa rápida antes, para não ter surpresas desagradáveis depois.
Beijo grande

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

  • sempre maissempre mais A casa nova ainda não tem nenhum armário - tenho os projetos, mas não batemos o […]
  • meu limão, meu limoeiromeu limão, meu limoeiro Esta lindinha é a flor do limão tahiti.Eu, honestamente, não a conhecia - até que eu […]
  • mais que camas, diversão puramais que camas, diversão pura E as esperadas camas-cabanas da Meu Móvel de Madeira chegaram para o quarto das […]