insalata

Não dá para viver todos os dias comendo altas doses de caloria, mas também não dá para viver só de mato.

Eu não consigo ficar só em uma salada de folhas e fazer cara de feliz ao final de uma refeição; e o pior, morro de fome em poucos minutos. Foi por este motivo que o livro “Saladas Celeiro” chamou minha atenção: como fazer um livro repleto de saladas sem que ele seja monótono? Será que estas receitas realmente saciarão o meu apetite?

Só poderia pagar para ver, certo? Encomendei o livro pela internet e logo que chegou vi que ele valia a pena.

O Celeiro é um restaurante carioca, com mais de 20 anos de estrada. O livro é lindo, super bem diagramado e com explicações passo a passo sobre tudo: desde os ingredientes até as receitas, passando pelos equipamentos utilizados. As receitas, ah! Muitas ideias para montar as saladas com os mais variados ingredientes: folhas, grãos, vegetais, massas, frutas… E os molhos! Que molhos maravilhosos – muita variedade e propostas – para mim é aí que jaz o segredo da super salada.

De verdade? Amei o livro e acredito que valeu cada centavo investido nele – agora estou na onda de saladas todos os dias – e cada uma mais linda e instigante do que a outra.

A da foto acima é uma das que amei – o molho leva leite desnatado (!) o que traz um sabor delicioso e surpreendente ao resultado final. Arrisque-se também. Vale a pena 😉

Beijoca

salada de kani com arroz selvagem

molho:

1/3 de xícara de maionese

1/3 de xícara de leite desnatado

2 colheres de chá de açúcar branco

2 colheres de chá de sal marinho

1 colher de sopa de caldo de limão

2 colheres de sopa de picles de pepino doce (se não achar o doce, pode usar o normal)

2 colheres de sopa de cebolinha verde cortada em rodelinha fina

1 colher de sopa de aneto picado míudo

salada:

125g de arroz branco cozido

50 g de arroz selvagem cozido

250g de kani fatiado grosso enviesado

100g de couve flor, escaldada, cortada em ramos pequenos

100g de cenoura, sem casca, escaldada, cortada juliana fina

100g de abobrinha, escaldada, cortada em meia lua enviesada

modo de fazer:

Em uma bacia grande misture todos os ingredientes do molho com um batedor manual.

Coloque os legumes, o kani, o arroz branco e o selvagem já frios no molho misturando o suficiente para envolvê-los bem.

Deixe tomar gosto por pelo menos 1 hora na geledeira, em vasilhame tampado, antes de servir.

 

rende 6 porções

1 porção = 199 kcal

 

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE