o lixão

Apesar do título, este post não tem nada de Nina e Carminha e definitivamente um assunto que muitos não julgam nem um pouco glamouroso.

Mas… casa é casa e produzimos lixo,  seja ele reciclável ou orgânico.

Montando a casa de campo, eu  me dei conta que apesar de ter vários cestos espalhados pela casa e  também um lixo especial para os reciclados eu precisava mesmo era de um lixão para centralizar tudo o que é produzido antes de descartar de modo correto na lixeira do condomínio.  E, em quase todas as configurações de moradia (apartamento, casa de rua, casa geminada…) é sempre importante centralizar . E quando tratamos o lixo de uma forma centralizada, entendemos melhor nossas dinâmicas e nossos hábitos.

Por exemplo, em casa eu vejo que o volume de lixo reciclável é muito maior do que o lixo orgânico – sei que voltar a este tópico é meio chover no molhado – espero mesmo que todos já saibam de cor e salteado o que pode ou não reciclar, mas  não custa nunca lembrar. E já falamos sobre descarte de materiais não tão convencionais na postagem descarte correto (sempre vale reler!)

Papel

Recicláveis: Folhas e aparas de papel, Jornais, Revistas ,Caixas,Papelão, Formulários de computador, Cartolinas, Cartões, Envelopes, Rascunhos escritos, Fotocópias ,Folhetos, Impressos em geral, Tetra Pak

Não Recicláveis: Adesivos, Etiquetas, Fita Crepe, Papel carbono, Fotografias, Papel toalha, Papel higiênico, Papéis engordurados, Metalizados, Parafinados, Plastificados, Papel de fax

Cuidados especiais:

Devem estar secos, limpos (sem gordura, restos de comida, graxa), de preferência não amassados. As caixas de papelão devem estar desmontadas por uma questão de otimização do espaço no armazenamento.

Metal

Recicláveis: Latas de alumínio, Latas de aço: óleo, sardinha, molho de tomate, Ferragens, Canos, Esquadrias, Arame

Não recicláveis: Clipes ,Grampos ,Esponja de aço ,Latas de tinta ou veneno, Latas de combustível ,Pilhas, Baterias (pilhas e baterias tem um descarte especial, devido aos metais tóxicos que contém)

Cuidados especiais:

Devem estar limpos e, se possível, reduzidos a um menor volume (amassados)

 

Plástico

Recicláveis: Tampas, Potes de alimentos, PET, Garrafas de água mineral, Recipientes de Limpeza e Higiene, PVC, Sacos plásticos, Brinquedos, Baldes

Não recicláveis: Cabo de panela, Tomadas, Adesivos, Espuma, Teclados de computador, Acrílicos

Possivelmente recicláveis:  Isopor tem reciclagem em algumas localidades

Cuidados especiais: Potes e frascos limpos e sem resíduos para evitar animais transmissores de doenças próximo ao local de armazenamento .

 

Vidro

Recicláveis: Potes de vidro, Copos, Garrafas, Embalagens de molho, Frascos de vidro

Não recicláveis: Planos, Espelhos, Lâmpadas, Cerâmicas, Porcelanas, Cristal, Ampolas de medicamentos

Cuidados especiais: Devem estar limpos e sem resíduos. Podem estar inteiros ou quebrados. Se quebrados devem ser embalados em papel grosso (jornal ou craft).

 

Para mat

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

  • memóriasmemórias   Na parede da casa nova, vai um pratinho lindo da Iara, irmão daqueles pratos […]
  • minha bff – raquete elétricaminha bff – raquete elétrica O tempo passa e novas expressões são criadas, principalmente na internet afora. BFF, […]
  • completando o quadrocompletando o quadro     E para completar aquela parede cheia de sentimento lá da casa de […]