dourado – inspiração do dia

dourado1

 

Vamos colocar preconceitos abaixo e admitir que o dourado – bem douradão – pode sim ser muito elegante sem ser opressor?

Que podemos usar – e ousar – em pequenos espaços somente para nos divertirmos?

Ando muito contestadora sobre regras, costumes e ideias arraigadas. Acho que este tipo de discussão é sempre válido e traz como resultado uma pessoa renovada, arejada e respirando melhor novos ares.

Adoro isto.

E você?

Beijo grande

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

  1. helka disse:

    Falou tudo, Flávia! Muitas vezes deixamos de experimentar por mero preconceito, nos esquecendo que existe uma grande diferença entre o uso e o abuso. Beijo, Helka

  2. Ual disse:

    Tive muito preconceito com doirado por muito tempo, mas ultimamente ele veio entrando na minha casa em vários detalhes, foi ficando e fui gostando…
    Inté, bjs.