pressionada – cuidados com panela de pressão

panela de pressão

Já fazia um bom tempo que eu queria comprar uma panela de pressão para a casa de campo – mas, de verdade,  eu morria de medo. Ouvi histórias terríveis de panelas explodindo quando eu era criança, além de sempre ouvir a recomendação de que “não se devia chegar muito perto” enquanto ela funcionava. A despeito de todo este histórico de terror a tal panela de  pressão seguia apitando, quase que diariamente na cozinha da casa dos meus pais. Para mim era algo assustador e intrigante.  Depois, adolescente, a tal panela de pressão fazia graça com o som das palavras na marchinha de Carnaval (“Eu vou comprar uma panela de pressão, eu vou comprar uma panela de pressão, só para ver se eu cozinho mais depressa!”) – tanto eu como as minhas primas nos delíciávamos em ver a tia mais recatada cantando estes versos – sem entender o duplo sentido – porque se tratava de uma música sobre algo culinário!

Eu cresci e me aventuro a cada dia mais na cozinha. Adoro livros de receitas, gosto de cozinhar  para a minha família e amigos. Sem panela de pressão, por favor. Mas, como sempre existem algumas coisas simbólicas em nossas vidas,  alguns marcos de nosso crescimento, uns 15 dias antes do meu aniversário de 39 anos resolvi comprar a tal panela de pressão. E ontem eu fui utilizá-la pela primeira vez. E o medo de não dominar muito os utensílios nos traz algumas vantagens, como ler o manual de uso anexo à panela – algo que deveria ser regra, mas que, na maioria das vezes, neglicenciamos à la grande. E no tal manual encontrei algumas dicas muito úteis, que valem a transcrição aqui:

panela de pressão

CUIDADOS COM PANELA DE PRESSÃO

(fonte: Clock)

  • Em primeiro lugar, verifique a procedência da sua panela de pressão. Compre-a de um fabricante idôneo que possua o selo do INMETRO
  • Conheça bem o modelo da sua panela de pressão. A minha, por exemplo, possui revestimento antiaderente no seu interior – que exige um cuidado prévio* antes da primeira utilização.
  • Nunca utilize a panela de pressão sem nenhum líquido dentro dela. O volume mínimo é de 250 ml de líquido (equivalente a dois copos) e o máximo é de 2/3 da sua capacidade original.
  • Antes de começar qualquer tipo de cozimento, verifique a limpeza da válvula de pressão.
  • Verifique a válvula controladora de pressão ao longo do processo de cozimento: ela deve liberar o vapor aos poucos, caso contrário pode estar entupida.
  • Depois de cada uso de sua panela de pressão, faça a limpeza da válvula de pressão e do anel de vedação da tampa da panela.
  • Não abra a panela  sem ter certeza de que todo o vapor  já saiu de seu interior. Coloque a válvula de regulagem na posição de liberação do vapor ou, para acelerar, coloque a panela sob uma corrente de água fria – quando não sair mais vapor pela válvula, não há mais pressão interna e a panela pode ser aberta.
  • Utilize a rede autorizada do fabricante para fazer a manutenção da panela.

PARTES DA PANELA DE PRESSÃO

panela de pressão

presilha metálica: garante o fechamento correto e que a panela não se abra durante o cozimento

panela de pressão

válvula controladora de pressão: responsável por manter estável toda a pressão ao longo do processo de cozimento

valvula_seguranca_repetitiva_25082011150030

válvula de segurança repetitiva: controla a pressão interna no caso de um entupimento da válvula controladora de pressão, a parte central se descolará para cima, aliviando a pressão interna.

panela de pressão

 

O procedimento prévio de utilização do revestimento anitaderente é o seguinte – e vale para todo tipo de panela com este revestimento, e não somente para panela de pressão: antes do primeiro uso, limpe bem a panela com esponja não risca e água. Depois disso, embeba um papel toalha ou  um pedaço de pano em um pouco de óleo de cozinha. Passe em todo o revestimento antiaderente da sua panela e leve-a ao fogo baixo por dois minutos. Feito isto, lave bem  com a esponja e detergente e a panela está pronta para uso!

Além disto, há também duas dicas preciosas de utilização:

  1. Depois que a panela “pegou pressão” você pode abaixar o fogo (o cozimento vai ocorrer da mesma forma e você economizará gás).
  2. O tempo de cozimento em uma receita só vale ser contado depois que a panela de pressão começar a liberar vapor, ou seja, que a pressão começou a funcionar em seu interior.

Cuidados simples que garantem uma maior durabilidade e segurança de todo seu processo de cozimento. Agora, que perdi o medo da panela de pressão, a família que me aguarde! Vou pressionar tudo e todos, no bom sentido. 😉

Beijo grande,

flavia

 

 

 

 

panela de pressão

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE