banquetas com capas de crochê

capas de crochê

Havia duas banquetas antigas, com pés de metal e tampo de madeira “dando sopa” na casa do meu pai. Na verdade, “dando sopa” é um maneira bonita de dizer que havia duas banquetas antigas abandonadas em um canto da casa do meu pai. Cata tralha que sou,  resgatei as banquetas do limbo e levei-as para a casa de campo sem um propósito específico, porque banquetas de apoio nunca são demais.

Elas ficaram um bom tempo prestando serviço como mesinhas de apoio ou lugares extra em seu estado original, ou seja, bem feias. Até que eu me lembrei de uma foto de referência que tinha visto no Pinterest com capas de crochê para banquetas. Era exatamente isto que faltava para dar um “up” nas peças e transformá-las de patinho feio em cisne branco.

capas de crochê

Convoquei a tia Dulce – aquela tia do marido super habilidosa em crochê que já tinha me presenteado com o caminho de mesa composto de toalhinhas – e mostrei a ideia. O gráfico inicial das capas de crochê que vimos era do blog Creative Jewish Mom mas ele serviu mais como inspiração mesmo. Deixei a tia Dulce livre para criar baseada em pontos e modelos que já estava acostumada. Usamos barbante para tapetes colorido, daqueles mais simples que existem, vendidos em grandes carretéis, e mandamos ver. O resultado foram as duas belezinhas da imagem de abertura do post, que realmente realçaram as peças.

O bacana destas capas de crochê é que elas usam pouquíssimo material, podendo ser feitas com restos de lãs e linhas de outros trabalhos manuais. Tudo a ver com dar uma ar mais aconchegante e pessoal para a casa. Além disto, reabilitar o uso de uma peça gastando pouco é o que há de mais atual e bacana em decoração, não é mesmo?

Gostei tanto desta ideia que selecionei 60 possibilidades de capas para banquetas (quadradas, redondas, com gráfico, modernas, clássicas…) em um painel especial no Pinterest. Acessem e vejam como as ideias podem ser multiplicadas!

Siga o painel capas para banquetas de Flávia Ferrari no Pinterest.

Honestamente eu (ainda) não sei crochetar nem tricotar bem, mas tenho como meta aprender. Se você sabe, pode colocar as mãos à obra assim que terminar de ler esta postagem. Caso contrário, terá que passar uma “cantada doce” em uma tia, avó, mãe ou amiga habilidosa. Mas pode confiar: o resultado final destas capas de crochê vale muito a pena.

Um beijo grande,

flaviacapas de crochê

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE