madeleines

madeleines 3

Nem eu mesma sei dizer de onde veio minha fixação pelas madeleines. Posso dizer que foi amor à primeira vista, pois já gostava do visual “fofinho” e seu formato de concha muito antes de saborear a primeira madeleine da minha vida. Uma questão de atração visual – e estas coisas realmente a gente não explica nem para a comida e muito menos para a vida – por mais que tente racionalizar a respeito.

O fato é que estes bolinhos tem origem obscura – várias histórias a respeito, passando desde uma passagem pelo Caminho de Santiago até  uma guloseima para deliciar um tirano (para saber mais, clique aqui). Por mais que as histórias mudem, a mistura de pedigree é francês no formato de concha é uma verdadeira delícia. Uma delicadeza no formato e no sabor valendo a pena cada caloria ingerida.

madeleine 1

Minha obsessão por madeleines era tamanha que muito antes de ter alguma receita “confiável” para testar eu já tinha duas formas: uma de metal maior e outra de silicone com o formato mais tradicional: vieiras menores e mais alongadas – e por ser de silicone, muito mais fácil de manusear.

A questão agora era a receita. Que chegou até mim com um livro que ganhei do marido (que, segundo ele, unia duas paixões minhas: cozinha e Paris): A Pequena Cozinha em Paris, da Rachel Khoo.

Segue, abaixo, a transcrição da receita da Rachel que combina os bolinhos com um curd maravilhoso de limão siciliano. Assim, as calorias das madeleines valem ainda mais a pena. 😉

MADELEINES

(do livro, A Pequena Cozinha em Paris – Rachel Khoo)

Ingredientes

Massa das madeleines:

3 ovos
130g de açúcar
200g de farinha de trigo
10g de fermento em pó
Raspas de 1 limão
20g de mel
60ml de leite
200g de manteiga derretida e esfriada
1 cestinha de framboesas
Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Creme de limão:

Raspas e sumo de 1 limão
1 pitada de sal
40g de açúcar
2 gemas

 

madeleines 2

Modo de preparo

Bata os ovos com o açúcar até esbranquiçar e espumar.
Coloque a farinha e o fermento em uma tigela separada e acrescente as raspas de limão.
Misture o mel e o leite com a manteiga fria, acrescente os ovos e, em duas etapas, incorpore a farinha.
Cubra e deixe na geladeira por algumas horas ou uma noite.
Enquanto isso, faça o creme de limão.
Coloque as raspas e o sumo do limão, o sal, o açúcar e a manteiga em uma panela e aqueça em fogo baixo até o açúcar e a manteiga derreterem.
Bata as gemas numa tigela, acrescente à panela e bata vigorosamente.
Volte com a panela ao fogo baixo, batendo sempre até o creme começar a engrossar.
Se começar a ferver, retire do fogo.
Quando o creme estiver engrossado e der os primeiros sinais de que vai borbulhar, retire do fogo e passe na peneira, transferindo para uma tigela.
Cubra com papel filme em contato direto com o creme e refrigere por, no mínimo, uma hora, ou, de preferência, por uma noite.
Na hora de assar, preaqueça o forno a 190ºC. Unte com manteiga e polvilhe com farinha uma forma com cavidades para doze madeleines. Ponha o creme de limão no saco de confeitar e acople um bico fino. E então, leve à geladeira.
Coloque uma boa colherada de massa em cada cavidade da forma e enfie uma framboesa na massa – eu substituí as framboesas por blueberry (mirtilos) o que também ficou delicioso!
Asse por cinco minutos, desligue o forno por um minuto (as madeleines ficarão com aqueles picos característicos) e, em seguida, acerte o forno para 160ºC.
Asse por mais cinco minutos.
Transfira as madeleines para uma grade e deixe esfriar um pouco antes de desenformá-las.
Enquanto isso, lave e seque a forma e asse a segunda fornada.
Enquanto assa, preencha cada madeleine com o equivalente a uma colher (chá) de creme de limão.
Repita a operação com a segunda fornada, depois polvilhe as madeleines com açúcar de confeiteiro e sirva imediatamente.

 

Um beijo,

flavia

 

madeleines 5

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE