lycra?

Na famosa reforma do quarto das crianças, em um certo momento, cheguei a um impasse: o que colocar no chão?

Moro no vigésimo andar e o piso é lamidado – que, apesar de eu não gostar, é uma mão na roda para limpar com as artes dos pequenos -concluindo: faz um frio tremendo.Precisava de tapetes.
Achei a solução em uma loja de decoração em Moema – um bairro daqui de SP: tapete de lycra spaghetti. Super moderno, com um design legal e, acima de tudo, extremamente macio e agradável ao toque para sentar-se, brinca, rolar e até dormir. Apaixonei!
Além disto, achei a solução ótima: utilizava um “refugo” da indústria têxtil – ecologicamente correto – e era uma releitura daqueles tapetes de cozinha, feitos com retalhos de lycra e helanca.Porém quando a vendedora falou o preço por metro quadrado: um susto!
Aí, como eu já tinha decidido que seriam estes tapetes ou nada mais, me enfurnei na internet e descobri um fornecedor ótimo: o Rodrigo Roque de Barretos. Pessoa maravilhosa, com um trabalho mais maravilhoso ainda.
Acreditem que para o quarto provençal sua equipe teceu o tapete em forma de “U” porque a cama é um baú com gavetas para não acumular tanto pó em baixo e minimizar o preço final do tapete.
O resultado, mostro nas fotos a seguir. Não ficou bacana?

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE