“A MAIOR DIFICULDADE DAS PESSOAS É COMEÇAR”

Aluna do curso Organizada Pro ensina técnicas para organizar o quarto das crianças e como incluí-las no processo 

Existe uma máxima nas casas com crianças: o quarto delas sempre vai estar bagunçado. Mas será que isso é uma verdade absoluta? Conversamos com a Fabiana Sobral, personal organizer, aluna do curso Organizada Pro da Flávia Ferrari e mãe de duas crianças, para contar como a organização dos quartos acontece na casa dela, e também pode acontecer na sua.

Brinquedos espalhados por toda a casa, a procura incessante por peças de jogos e bonecos perdidos, o choro desesperado das crianças, que acreditam que perderam o brinquedo preferido, mas que, na verdade, está escondido em algum canto do quarto.

Os problemas da falta de organização no quarto das crianças são inúmeros, e a frustração sempre aparece. Além disso, quando os adultos organizam o espaço e percebem que em poucos dias, tudo está fora do lugar novamente.

Porém, como conta a personal organizer Fabiana Sobral, é possível mudar essa realidade, principalmente quando as crianças estão envolvidas neste processo. “Quando a criança participa do processo de organização, ou seja, no momento que ela se torna a protagonista da arrumação, faz com que ela se sinta importante, respeitada e pertencente aquele espaço”, e assim, se sente motivada a manter a nova disposição do seu espaço. 

❤ Está cansada das tarefas domésticas? Tudo sobra para você? Vem comigo que você precisa conhecer o Cronograma da Casa 2.0! Saiba mais aqui.

É realmente difícil organizar o quarto das crianças?

Perguntamos para Fabiana se a organização do quarto das crianças era realmente desafiadora, e a personal esclareceu que a grande dificuldade é começar. “É comprovado que a maior dificuldade das pessoas é COMEÇAR, ou seja, colocar a mão na massa, não saber por onde começar ou até por procrastinação”, diz Fabiana.

Depois do pontapé inicial e de conferir o resultado, a manutenção da organização se torna algo natural, principalmente quando as crianças participam dessas escolhas também. Eles participarem do processo é essencial, principalmente para a organização também fazer sentido para eles.

Algumas formas de incluir as crianças na organização são: “Eles podem escolher junto as letrinhas ou desenhos da etiquetadora, ajudar na categorização e setorização dos brinquedos e escolher o melhor lugar para cada item”, exemplifica Fabiana.

Inclusive, a personal organizer ressalta que a organiza do quarto muda conforme a faixa etária das crianças. “O crescimento das crianças é rápido, ter um espaço funcional e lúdico é um desafio constante”, comenta.

Algumas coisas que mudam são: 

  • Para os mais novos, que ainda não sabem ler, é importante as caixas de brinquedos estarem etiquetadas com o desenho de figuras, assim, eles ganham autonomia na hora de guardar os brinquedos;
  • Fuja das caixas muito grandes, a primeira atitude da criança vai ser espalhar todos os brinquedos da caixa para chegar no que busca;
  • De tempos em tempos faça um rodízio dos brinquedos, coloque os mais usados em uma prateleira mais alta, e os que ainda não foram utilizados, em um lugar mais baixo, isso vai estimular a criança a explorar novas opções.

❤ Guarda-roupa bagunçado? Quer ter um armário de revista, bonito e organizado? Conheça o meu curso Como Dobrar! Clique aqui e saiba mais.

Confira 3 dicas para organizar o quarto das crianças

Para acabar com a procrastinação pedimos para a Fabiana Sobral compartilhar 3 dicas para organizar o quarto das crianças sem segredos ou dor de cabeça, olha só:

1 – Categorizar

A primeira dica da personal organizer é categorizar os brinquedos, por exemplo, uma caixa só com os carrinhos, outra só com jogos de montar. “Isso faz que com as crianças encontrem cada item e após o uso também facilita colocar de volta”, lembrando que para isso acontecer é importante identificar as caixas com etiquetas com o desenho do brinquedo ou nome dele.

2 – Use caixas organizadoras

As caixas organizadoras são ótimas amigas no momento da organização. “Dê preferência para caixas transparentes, elas são ótimas aliadas na manutenção da ordem, além de serem perfeitas para substituir gavetas”, comenta Fabiana. 

3 – Use etiquetas

Para finalizar, Fabiana reforça a importância da comunicação e identificação das caixas e gavetas por meio de etiquetas. “O uso de etiquetas é um excelente recurso para facilitar a identificação dos itens e também para encontrar o lugar de cada coisa que temos em qualquer ambiente”, completa.

❤ Se a sua casa está cheia de coisas, desorganizada, e você quer dar um fim nisso, você precisa do curso Organizada. Vem ver aqui.

Quer ser uma personal organizer profissional?

Conheça o curso Organizada Pro da home expert Flávia Ferrari. Com mais de dez anos se dedicando a conhecer, testar e criar sua metodologia de organização que realmente faz a diferença na sua casa.

Conheça mais com nossa equipe através do WhatsApp: https://wa.me/5511950078801

Beijos!

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

COMO COLOCAR A MESA SEM ERRO COMO TIRAR MANCHAS DE CAFÉ 5 FLORES FÁCEIS DE CUIDAR COMO MONTAR A ÁRVORE DE NATAL PERFEITA COMO FAZER ADUBO CASEIRO COMO TIRAR RISCOS EM MADEIRA COMO LIMPAR A TELA DO CELULAR EU ESTOU CANSADA COMO DEIXAR O SORVETE MACIO COMO EVITAR QUE A MAÇÃ CORTADA ESCUREÇA
COMO COLOCAR A MESA SEM ERRO COMO TIRAR MANCHAS DE CAFÉ 5 FLORES FÁCEIS DE CUIDAR COMO MONTAR A ÁRVORE DE NATAL PERFEITA COMO FAZER ADUBO CASEIRO