e a sardela?

Em quatro passos:

1. Refogar 2.Liquidificar


3. Armazenar 4. Servir

Gente, sardela era um “objeto de desejo” aqui em casa.

Maridex gosta, papai idem, filhos também (pode uma criança com 3 anos e outra com 1 e meio gostarem de uma pasta de achova? Pode, né? Os meus gostam…)
Mas eu achava que era uma coisa do outro mundo fazer…Porque, afinal, até então, era um ritual de final de ano da avó do maridex, que todo final do ano fazia e deixava um precioso vidrinho aqui em casa.
Até que minha Patrícia – a descomplicada – fez em um sábado à noite para nos receber e me disse: eu faço sempre. Super fácil.
E é mesmo.
Fiz como aperitivo para o Reveillon. E divido o mapa da mina aqui.
Renderam dois potões… que sumiram em minutos.

Podem render também uma solução rápida para quando você tem visitas, pouco tempo e não sabe o que oferecer!

Beijoca

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

  • não só de doce que vivem os muffinsnão só de doce que vivem os muffins Em umas das primeiras postagens que publiquei falava de muffins de chocolate.Nesta […]
  • petisco 1,2,3petisco 1,2,3 (antes que alguém me pergunte, a luva de cozinha LUXO é da Ana Sinhana)Promessa de […]
  • dip de abacatedip de abacate Ontem foi um dia de trabalho intenso. Fotografei milhares de coisitas fofas entre elas […]