quanto eu cobro?


“Flávia, (…) esta semana recebi a encomenda para fazer revestimento em uma cadeira  e não sei quanto posso cobrar. Estou sem noção, me ajude por favor. Um beijão, M.”

Há um mês, recebi esta mensagem. 
Respondi individualmente e fiquei pensando: sei que tem muita gente que vive do fazer. Como atividade principal, ou como aumento de renda.
Mas ainda estava encucada: será que tem muita gente que não sabe como cobrar pelos seus trabalhos de artesanato? Será que tem gente que acaba vendendo peças que faz com prejuízo?
Por este motivo, resolvi dividir um pouco do que enxergo como lógica de custos/preço. Espero que ajude mais gente!
Para fazer um orçamento de quanto você deve cobrar pelo trabalho de revestir a cadeira você deve dividir seus custos em 2: 
Custos de Matéria Prima (tudo o que você vai usar para executar o trabalho) 
Custos de Mão de Obra (quanto irá custar para realizar o trabalho) 
No caso da cadeira os custos de matéria prima são: 
tecido 
cola 
pincel 
termolina leitosa
(e a cadeira, caso você tenha que comprar uma e não reaproveitar a do cliente) 
TECIDO: 
Para saber qual o custo do tecido, você tem que calcular quanto irá utilizar. Para isto tenho uma regra simples: pegue um barbante (ou outro fio) e meça a cadeira a partir de um pé da frente, passando pelo encosto e terminando em um pé de trás. Veja quantos metros de tecido são necessários, coloque mais 50 cm como margem de segurança e aí você terá seu consumo. 
Para saber o custo basta multiplicar o consumo pelo preço por metro que você pagará pelo tecido. 
COLA: 
Para realizar este trabalho é consumido, em média, 500g de cola branca PVA (+/- meio frasco grande) 
PINCEL: 
É o preço do pincel que você vai utilizar.
TERMOLINA LEITOSA:
O consumo de termolina, para finalizar esta peça é de mais ou menos 100 ml.
O custo de mão de obra leva em consideração quanto tempo você vai trabalhar neste projeto. A cadeira leva, em média, 2 horas para ficar pronta. Aí você adiciona quanto cobra por hora de trabalho aos seus custos. 
Ou seja, somando os custos de matéria prima aos seus custos de mão de obra você vai saber quanto vai custar para fazer o trabalho. Some a isto uma margem de lucro e você saberá quanto cobrar do seu cliente. 
Bons negócios!
Beijo grande

PS: o vídeo do passo a passo de como revestir uma cadeira em chita está no link. E mais técnicas de artesanato estão no canal de vídeos do DECORACASA.

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

  • objetos em um minutoobjetos em um minuto Esta internet é mesmo cheia de novidades e ideias.E foi por meio dela que eu fiquei […]
  • cata cata ventocata cata vento Minha pequena recebeu este catavento como convite para uma festa. Achei uma idéia super […]
  • vaso rápidovaso rápido Já em clima de "esquenta" para o Quadro Verde de amanhã (não esqueçam, hein? A partir […]