aclive… declive

Eu tinha um professor na faculdade que dizia que os melhores projetos saem dos piores terrenos.
É verdade.
Quando a coisa chega muito fácil, muito mastigadinha, nos acomodamos.  Entregamos o trivial sem muito esforço, sem muito raciocínio.
Mas aí aparece algo diferente, a tal da pedra do caminho do Drummond.
E aí, com a cabeça a funcionar, saem as mais lindas ousadias, as mais lindas invenções.
Já pensou que pecado alguém olhar para este terreno e decretar que ele era ruim de doer para construir por causa da sua topografia acidentada?
Olha só a vista, o deck e a solução maravilhosa que não existiriam.
E em consonância a tanto sobe e desce, que tal uma cumeeira bem alta, com lustre grandão a tiracolo?
É isto, a mensagem de hoje é: ouse, sonhe.
Crie em suas dificuldades, supere-se.
E tenha como resultado coisas tão lindas quanto esta casa.
Beijo grande

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

  • era uma casa na praia…era uma casa na praia… ...que tinha um campo de golfe à sua frente, antes de avistar o mar.Pela janela do […]
  • espaçosaespaçosa Esta estante - criado mudo foi a peça chave no quarto que dormi quando fiquei na casa de […]
  • piso ou deck?piso ou deck? Semana passada o Rodolfo (pessoa responsável pelo assoalho de demolição, as portas, o […]