[comidinhas]

dez pequenos segredos à mesa


Não posso negar que uma das grandes estrelas da noite de Natal é a ceia, apresentada em uma bela mesa.
Vou usar estas fotos, da produção que fizemos para o vídeo do curso de decoração de Natal , para contar alguns “segredos” deste visual 😉
Vamos lá?

1. Velas: para um ambiente formal e especial, uma luz difusa é o essencial. Velas são solução perfeita. Se você não tem candelabros específicos, aposte nos modelos “bolinha” que se sustentam sozinhos ou opte por soluções alternativas, como apoiá-las em copos, taças ou garrafas.
2. Louça: para que a comida seja a estrela, nada de louça emperequetada. A velha e boa louça branca não interfere e dá o devido destaque aos comes que você preparou com tanto carinho.
3. Guardanapos: os guardanapos de tecido são sempre a opção mais elegante, que podem contar com argolas que componham a decoração. Neste caso eu optei por guardanapos descartáveis, de cor dourada lisa que uniu a praticidade a um visual mais limpo.
4. Arremate: mostrar que a mesa foi colocada com carinho faz toda a diferença. Por isto invista em um laço, um mimo para cada comensal. Neste arranjo foram utilizadas pinhas, que também podem servir de marcadores de lugar.
5. Sousplats: também mostram o capricho da mesa e uma certa “formalidade” na montagem. Os sousplats de mdf revestidos em tecido também  podem ser peças extremamente úteis para acomodar um jantar “à americana” como apoio para os pratos de quem não se acomoda à mesa. O passo a passo para realizar estes sousplats está em fotos e vídeo .

6. Altura dos Pratos: caso seja uma ceia onde todos os convidados estejam sentados à mesa, atente para a altura dos pratos e dos arranjos. Não se  deve nunca ultrapassar a linha dos olhos para que as pessoas não precisem ficar “desviando” enquanto conversam.

7. Talheres: pense em todos os pratos (e sobremesas) que serão servidos e disponha todos os talheres necessários à mesa. Isto evita um entra e sai para buscar “aquela colher que estava faltando…”

 8. Fitas: As fitas, para mim, são elementos curingas que vão desde a montagem da árvore (como bem explicado no vídeo) até a decoração da mesa. No caso deste panetone, usei uma fita bem larga para deixá-lo mais elegante e com uma proposta decorativa.

9. Movimento: esta bancada de delícias, por si só já faria qualquer um salivar. Mas para deixá-la mais apetitosa eu abri mão de um recurso de movimento, intercalando pratos baixos e altos para fazer a apresentação e realçar ainda mais cada gostosura. Veja que as pinhas e as velas se repetem aqui para dar unidade visual à proposta.

10. Finalização: prato vazio não fica bonito. Parece que faltou comida. Para adequar os comes ao tamanho da travessa um truque esperto: finalização com frutas secas. Preenche os espaços vazios e podem ser consumidas depois. Ou seja, 100% de aproveitamento.

São pequenas dicas, pequenos cuidados que resultam em um grande resultado!
Beijoca.

ORGANIZANDO A CASA COM A FLÁVIA – EPISÓDIO 2

mega artesanal

antes que elas cresçam

bruschetta verde

cor de terra

tapioca romeu & julieta

© Copyright 2024 | flaviaferrari.com.br | Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: mufasa