xícaras e canecas

A-do-ro canecas. Altas, baixas, grandes, pequenas, largas, estreitas, redondas, quadradas, lisas, de bolinhas, de listras, brancas, coloridas, com estampas, com fotos, com flores, com cães, de designers, de R$ 1,99. Não importa. Caneca é caneca. Mas vale xícara também. Tendo uma asinha para segurar, está valendo. 
Porém, não sou daquelas que compram todas as canecas que veem pela frente. Não devo ter mais que trinta canecas, mas todas elas têm algo diferente, representam alguma coisa para mim ou simplesmente me chamaram a atenção no meio daquele mundo de peças de cerâmica. Tenho minhas favoritas, é verdade, mas todas foram compradas com carinho. E aquelas que me foram presenteadas, então! Possuem o carinho de pessoas queridas! 
Mas, por incrível que pareça, somente algumas das minhas canecas são usadas como… canecas. A maioria está exposta na minha estante de livros, ajudando a decorar meu mundo literário e interagindo muito bem com as prateleiras segmentadas. Outras canecas (várias, aliás) servem como porta-trecos, principalmente de material de escritório. Ficam superlegais espalhadas por aí. Duas em especial, as únicas de plástico, com fotos dos meus primiquinhos (4 e 3 anos), portam coisas bem alegres: lápis de cor e canetinhas – alegres como as crianças. Uma outra, enorme, que recebi de presente recheada de trufas, ainda mantém sua função: mantenho-a cheia de bombons e balas macias, para quando os mesmos primiquinhos aparecem por aqui. 
Canecas e xícaras têm milhares de utilidades. Além de nos servir boas bebidas e nos acompanharem em reuniões gostosas, também fazem as vezes de porta-trecos, vasos e decorações mil. E aquelas mais antigas ainda contêm uma boa dose de lembrança! 
Canecas e xícaras também servem para nos inspirar. Faça assim: junte sete canecas que estão encostadas pelos armários ou compre sete canecas de diferentes formatos, cores e estampas. Todos os dias, permita-se 15 minutos para saborear um chá com torradas, um café com bolo, um leite com bolachas. Feche os olhos, escolha uma dessas canecas e deixe que ela te faça companhia. Também vale reservar uma meia horinha e chamar uma amiga para compartilhar o momento de relaxamento. 
Canecas e xícaras não gostam de ficar paradas. Dê uma função a elas: pegue as que estão mais velhinhas e descascadas e use-as para plantar temperos, decorando sua cozinha com beleza, cheiros e sabores. Use-as como vasos. Ou então empilhe algumas xícaras, intercalando-as com pires, e monte um pedestal para um abajur; fica lindo! Outra dica é pegar as peças brancas ou de uma única cor e customizá-las com canetinhas, adesivos, pinturas, decalques. E aquelas xícaras passadas de mãe para filha: estas merecem ficar expostas, afinal, elas também contam histórias. 
Deixe os copos sem personalidade um pouco de lado e desfrute da companhia de xícaras e canecas coloridas, alegres. Deixa sua imaginação fluir e crie novas peças com elas. Xícaras e canecas podem ser muito mais do que recipientes de cozinha.
Por Érica Fernandes

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

  • domingo floridodomingo florido
  • inesperadoinesperado São Paulo é realmente uma cidade muito grande e cheia de prédios. E nem sempre nos […]
  • borboletaborboleta Esta farfalla chegou aqui em casa na sexta, direto da festinha de uma amiga muito […]
COMO LIMPAR COLCHÃO EM CASA COMO TIRAR CHEIRO DE CHULÉ DOS SAPATOS COMO TIRAR MANCHA DE ACETONA EM MADEIRA COMO FAZER AROMATIZADOR DE AMBIENTES LIMPADOR DE ÓCULOS DE SOL E GRAU MISTURINHA PARA DESAMASSAR ROUPAS COMO DESENROLAR FILME PLÁSTICO FÁCIL COMO HIGIENIZAR COLHER DE PAU COMO LAVAR TRAVESSEIROS EM CASA COMO LIMPAR MOCHILA: PASSO A PASSO
COMO LIMPAR COLCHÃO EM CASA COMO TIRAR CHEIRO DE CHULÉ DOS SAPATOS COMO TIRAR MANCHA DE ACETONA EM MADEIRA COMO FAZER AROMATIZADOR DE AMBIENTES LIMPADOR DE ÓCULOS DE SOL E GRAU