DICAS PARA REDUZIR O STRESS DA MUDANÇA

Por Flávia Freire – Associada do Organizada

Você já deve ter mudado de casa pelo menos uma vez na vida. Assim que a decisão de se mudar é tomada, um certo pânico toma conta de todos os envolvidos: roupas, utensílios, livros, documentos… tudo aquilo que, de algum modo, está acomodado em um lugar, terá que ser levado até a casa nova e, pior, terá que ser acomodado em outro lugar!

Só de pensar nisso, já deu um desânimo? Calma, vou explicar para você como planejamento e organização são fundamentais para que a sua mudança aconteça de forma tranquila e eficiente.

Preste atenção a essas dicas!

É importante planejar a sua mudança com antecedência:

  1. Um mês antes, por exemplo, é bom pesquisar as transportadoras para verificar o pacote que cada uma oferece e para garantir que a data que você deseja esteja disponível.

  2. Uma semana antes, você não deve mais fazer compras grandes de supermercado, para que possa consumir o que tem na despensa e geladeira.

  3. Um dia antes, cada membro da família deve estar com a sua mochila de itens necessários para passar pelo menos, dois dias na casa nova. Ah! E não se esqueça do seu bichinho de estimação: onde ele ficará durante a mudança?

Sabendo disso, agora vamos dividir o processo em 4 etapas:

  1. Planejamento

É importante conhecer a casa nova para definir o que pode ser levado da casa antiga, o que deverá ser descartado e o que precisará ser comprado. Além disso, pode ser que algumas obras sejam necessárias para receber os novos moradores. Verifique os tamanhos de portas e elevadores!

  1. Desmontagem na casa antiga

A maior parte das transportadoras embala os pertences um ou dois dias antes da data da mudança, dependendo da quantidade de itens a serem transportados. Os móveis costumam ser desmontados apenas no dia: verifique se a empresa contratada inclui a desmontagem no pacote. Identifique corretamente as caixas: faça uma lista relacionando número, conteúdo e cômodo, para garantir que nada fique para trás no dia da mudança, bem como para facilitar a montagem na nova casa. E nada de caixa cheia ou vazia demais!

  1. Transporte

Pesquise pelo menos três transportadoras, inclusive o nível de satisfação dos clientes. Verifique quais os serviços e materiais incluídos, para não haver surpresas no final.

  1. Montagem na casa nova

Imagem de rawpixel.com por Pexels

Na saída da casa antiga, certifique-se de que todas as caixas foram colocadas no caminhão: utilize a lista que foi feita no momento da embalagem. Não deixe que o caminhão seja descarregado antes que essa lista esteja disponível na nova casa, para conferência. Se possível, não abra nenhuma caixa, antes que todas sejam descarregadas. Além de facilitar o trabalho da transportadora, evitará que itens sejam perdidos ou quebrados. Verifique com a transportadora a política de reclamações para avarias e coleta das embalagens. Antes de liberar o caminhão, certifique-se de que ele está vazio.

Finalmente tem início a etapa da organização. Comece pelos cômodos mais importantes e não abra uma nova caixa, sem que tenha guardado todos os itens da anterior.

Talvez essa seja a etapa mais desafiadora para você. Pense nela como a oportunidade para um novo começo. É como uma “tela em branco”, em que é possível pintar a casa dos seus sonhos!

Espero ter contribuído e, se você preferir uma ajuda personalizada e especializada, entre em contato comigo!

Saiba mais sobre Flávia Freire no link:


VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE