MUDANÇAS DENTRO DA ORGANIZAÇÃO

Por Kassandra Brenner – Associada do Organizada

<a href=”https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/pessoas”>Pessoas foto criado por yanalya – br.freepik.com</a>

Mudar ou mudança! Ambas palavras com um efeito positivo em alguns e negativo em outros.

Mudar ou fazer uma mudança não é tarefa fácil. Na área da organização nos deparamos muito com as pré e pós mudanças. Utilizamos essa palavra no sentido de mudar os objetos de lugar e temos a alegria de poder fazer isso para os outros, transformando a vida deles. Para uma mudança de sucesso temos diversas etapas, mas a primeira é fundamental para dar um bom andamento às outras.

Essa é a primeira etapa em qualquer organização de ambientes, mas na mudança ela tem um valor monetário maior. Estou falando da triagem de nossas coisas, objetos, roupas, acessórios, livros, etc. Quanto menos embalamos, menos caixas a transportadora carrega e menor é o valor do frete. Por esse motivo a triagem e descarte devem ser feitas ANTES da mudança, sempre! Se a mudança está planejada há tempos, devemos fazer essa etapa aos poucos, aproveitando para categorizar tudo antes de embalar. Para se tornar um processo mais leve, mais descontraído, o processo pode ser feito por uma profissional de organização que nos auxilie ou até mesmo uma amiga que nos conheça bastante e conseguirá opinar em algumas coisas (se realmente usamos e gostamos).

A segunda etapa é embalar os pertences por categorias e ambientes. A identificação tem que ser clara para ser descarregada corretamente no novo lar. Nessa segunda etapa eu costumo trabalhar indicando uma transportadora, pois eles já possuem contrato e indenização no caso de quebra. Acho um processo delicado e ágil ao mesmo tempo, não me sentindo confortável para fazê-lo. Pertences como joias, dinheiro, armas e algumas roupas para troca nos dias em que a organização ainda não impera, devem ser carregadas pela/pelo cliente em malas pequenas. Tem que estar prático e funcional sempre, mesmo que todo o resto do ambiente ainda esteja encaixotado. Pense bem nos “looks” que vai precisar e também separe itens de higiene pessoal e maquiagem para ter fácil acesso.

A terceira etapa é transportar tudo para o novo lar e, como dito acima, descarregar as caixas no ambiente correto. O trabalho da profissional de organização é muito importante nessa etapa, nesse acompanhamento e no primeiro passo de abrir as caixas para iniciar a transformação.

A quarta etapa é setorizar todos os pertences, otimizando espaços e deixando tudo de forma prática e funcional para todos os moradores. É importante identificar os setores para que a memorização no novo lar seja mais rápida. Também é extremamente importante pensarmos e termos algum parâmetro de nossas preferências (se cozinhamos com frequência, por exemplo) antes de setorizar os pertences.

A quinta e última etapa é curtir a alegria e sensação de alívio que a organização proporciona em nossas vidas! Casa nova organizada é a certeza de entrar com o pé direito!


VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE