[Roupas]

VAPORIZADOR PORTÁTIL VALE A PENA?


Sabe aquele vaporizador portátil que você namora faz tempo, mas ainda não decidiu se vale a pena comprar? Hoje vou fazer uma resenha do vaporizador portátil – vale a pena?

Se você me acompanha nas redes sociais, sabe que aposentei o ferro de passar faz tempo!

No lugar, uso a técnica mãos de ferro e a minha misturinha mágica, que deixa a roupa lisinha.

Mas sei que algumas peças ficam realmente muito amassadas. Por isso, fiquei muito feliz quando a Arno me convidou para testar o vaporizador portátil.

Então, se você quer saber se o vaporizador portátil vale a pena, fica comigo até o final desse post.

Qual é o vaporizador?

Compre aqui: https://amzn.to/37jmEwl

Primeiramente, o modelo de vaporizador portátil que a Arno me enviou, foi esse, o Arno Steam Power HS81 127V.

Ele tem capacidade de 200ml, elimina bactérias e odores, e tem duas funções, para roupas delicadas e o turbo.

Minhas primeiras impressões:

Confesso que imaginei que o vaporizador portátil era sem fio. Mas, para conseguir a potência necessária para gerar o vapor, só o aparelho com fio mesmo.

Uma função que logo chamou minha atenção também, é que é possível travar o vapor.

Assim, você não gasta a água do reservatório sem estar necessariamente usando o vaporizador.

Mão na massa!

Bom, vamos colocar a mão na massa, e ver como o vaporizador portátil funciona, para assim, ver se ele realmente vale a pena!

Eu comecei passando essa saia, com um tecido mais leve. Por isso, deixei o vaporizador na função delicada.

Confesso que me surpreendi positivamente com a potência do vaporizador. Em poucas passadas, a saia já estava lisa.

❤ Mude sua vida e economize tempo como já fez um monte de gente. Não fique para trás! Saiba mais aqui.

E tecidos mais pesados?

Ok, na minha resenha do vaporizador portátil – vale a pena? Ele está com pontos positivos após a saia de tecido leve.

Mas e tecidos mais pesados? Será que ele dá conta do recado?

Para comprovar, fui passar minha calça de moletinho, que estava amassada, e além disso, ainda tem alguns detalhes com vincos.

Para essa missão, eu coloquei o vaporizador portátil na função turbo. Já que o tecido era mais pesado.

Ele deixou a peça lisinha! Porém, nesse momento, descobri uma coisa que não gostei tanto. E que vou contar qual foi no final do post.

E camisas?

Sim, eu sei que as camisas são o terror de muita gente. E será que o vaporizador portátil vale a pena para essa peça?

É claro que eu testei por lá também, em uma camisa de algodão.

Neste caso, usei no modo delicado de novo. Já que achei o turbo muito potente.

E vou te contar, mais uma vez o vaporizador portátil mostrou que vale a pena!

Em poucas passadas, a camisa estava lisinha!

❤ Sua rotina pode ser diferente, muito mais prática e organizada com o meu Cronograma da Casa. Saiba mais aqui.

E para higienizar?

Além de alisar as roupas, mais uma função do vaporizador portátil e higienizar e tirar cheiro das peças.

Então fui conferir se o vaporizador portátil vale a pena para aquelas roupas, que não estão nem sujas nem limpas.

Afinal, o vapor também é uma forma de limpar a roupa.

Aliás, vale lembrar que em tempos de pandemia, toda a roupa que usamos fora de casa, deve ser lavada!

Dito isso, vamos para as minhas impressões para a higienização com o vaporizador.

Eu gostei bastante dessa função! Acho que é uma mão na roda para o nosso dia a dia, e assim, você não precisa ficar lavando as roupas sem necessidade.

Ou então, ficar colocando elas no sol, o que é um grande erro! Já que as fibras do tecido acabam sendo danificadas.

Mais um ponto positivo, é que o vaporizador é ótimo para essas peças com detalhes e apliques. Como essa minha blusa com asas e aplicação de lantejoulas nas costas.

A peça fica lisa, limpinha e não danifica esses detalhes.

Pontos negativos do Vaporizador portátil…

Tenho que fazer algumas ressalvas sobre ele.

Primeiramente, ele é bem pesado! Então, acaba cansando.

Mais um ponto que vale falar é, o reservatório é pequeno, então se você pretende realmente passar aquela pilha de roupas, vai precisar reabastecer o reservatório várias vezes.

Lembra que quando coloquei o vaporizador portátil no modo turbo, eu falei que tinha uma ressalva? Pois é, vou contar ela aqui. Nesse modo, o vaporizador solta água, de tão forte que é o vapor.

E mais uma vez, ter fio acaba impossibilitando o uso em qualquer cômodo da casa. Você precisa de uma tomada para utilizar o reservatório.

❤ Quer facilitar a sua vida? Então confira os meus e-books para limpar a casa usando bicarbonato de sódio e vinagre.

Vaporizador portátil vale a pena?

E vamos para a pergunta que não quer calar, o vaporizador portátil vale a pena?

Bom, depende do que você busca. Se a ideia é para usar em emergências, aquela roupa que está amassada e você já quer sair. Então SIM! Vale a pena!

Ele é prático e resolve esse perrengue do dia a dia rapidinho!

Agora, se você é do time ferro de passar, que separa aquela pilha de roupas e passa horas passando. Então, nesse caso, não vale a pena.

O vaporizador não substituí o ferro de passar. Ele é muito pesado, seu braço vai ficar doendo. E como o reservatório é pequeno, vai precisar reabastecê-lo várias vezes.

Por isso, se a ideia é aposentar o ferro de passar por ele, não indico a troca.

E você, usa o vaporizador portátil em casa? Me conta suas impressões por aqui 😉

Beijos!

COMO ESCOLHER O ASPIRADOR IDEAL?

PAP da cortina

5 mentiras sobre organização

5 MENTIRAS SOBRE A ORGANIZAÇÃO

a energia para florescer

pisos de destac: como cuidar dos pisos de porcelanato e cerâmica

pratas da casa

© Copyright 2024 | flaviaferrari.com.br | Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: mufasa