[A Dica do Dia]

“A MUDANÇA SIGNIFICA DEIXAR PARA TRÁS MUITAS MEMÓRIAS”


Personal Organizer, aluna do curso Organizada Pro ensina como fazer uma mudança organizada com idosos

A vida está em constante mudança… mudamos de vida, de perspectivas, de ideias e também, de casa! 

Em muitos casos, esse lar se transforma de acordo com a fase de vida que vivemos, mudando para uma casa maior quando a família cresce, com crianças pequenas e, posteriormente, adaptando o espaço conforme as novas necessidades. Em muitas dessas transformações os idosos acabam mudando de casa, buscando um espaço que dê menos manutenção, que tenha mais segurança, um espaço mais plano.

Os motivos podem variar, mas o mais importante, é fazer do momento da mudança o mais organizado possível, por isso, conversamos com a personal organizer Heloisa Sundfeld, da Help Personal Organizer e aluna do curso Organizada Pro, da home expert Flávia Ferrari.

Ela se especializou neste tipo de mudança, para idosos, pensando no bem-estar deste morador. “Uma mudança de idosos exige muito mais atenção e cuidados de nossa parte, pois muitas vezes eles viveram praticamente toda sua vida na mesma casa”, comenta Heloisa, que destaca como é importante entender o apego emocional envolvido nessa mudança. “Muitas vezes eles viveram praticamente toda sua vida na mesma casa e a mudança significa deixar para trás muitas memórias e recordações”, reforça.

❤ Está cansada das tarefas domésticas? Tudo sobra para você? Vem comigo que você precisa conhecer o Cronograma da Casa 2.0! Saiba mais aqui.

Quais cuidados são importantes na hora de escolher o novo lar?

Muito se fala sobre o processo pré-mudança, no sentido da organização dos itens da casa. Mas existe um processo essencial antes dessa organização acontecer, o momento de escolher o novo lar.

Primeiramente, é importante entender quais motivos levaram a essa mudança, para então, buscar uma casa que se adeque a essa nova necessidade. “Normalmente os idosos se mudam quando seus filhos saem de casa e a casa se torna muito grande, muitas vezes também para reduzir custos”, explica Heloisa.

Portanto, é crucial analisar se a nova casa atende tais necessidades; por exemplo, se a casa atual demanda manutenção excessiva, optar por um espaço menor pode ser mais vantajoso, proporcionando maior qualidade de vida.

A disposição dos cômodos também é um ponto de atenção, assim como o tamanho das portas, como explica a personal organizer. “É bom prestar atenção na largura das portas, pois é preciso prever que no futuro pode ser necessário o uso de cadeira de rodas”, portas maiores vão facilitar a mobilidade e trazer mais independência.

Assim como evitar casas com escadas é importante para esse idoso ter mais segurança no dia a dia.

Outro ponto crucial é o idoso envolver-se no processo de escolha da nova casa, afinal, será seu novo lar, e é fundamental que ele se sinta acolhido e respeitado durante essa transição.

❤ Guarda-roupa bagunçado? Quer ter um armário de revista, bonito e organizado? Conheça o meu curso Como Dobrar! Clique aqui e saiba mais.

Desapegar também é a palavra de ordem na mudança com idosos?

Quando falamos em mudanças, a palavra de ordem em muitos casos é desapegar, afinal, em muitos casos vamos acumulando muitos itens ao longo dos anos que nem utilizamos no dia a dia.

Mas quando falamos em mudanças para idosos, a regra segue a mesma? Segundo a personal organizer Heloisa, a regra não é tão rígida nestes casos, já que muitos itens carregam memórias afetivas desse morador. “É preciso ter um cuidado muito grande na hora do descarte , porque no geral os idosos são muito apegados a seus pertences e não querem se desfazer de itens que para nós podem ser descartados, mas para eles são recordações importantes”, explica.

E diferente das mudanças ‘tradicionais’, em que o foco sempre acaba sendo a organização e logística dos objetos da casa, no caso das mudanças com idosos, o grande centro das atenções deve ser esse morador, que está deixando suas raízes e memórias para trás, e por isso, merece uma atenção especial.

❤ Se a sua casa está cheia de coisas, desorganizada, e você quer dar um fim nisso, você precisa do curso Organizada. Vem ver aqui.

Chegamos na nova casa, e agora?

Depois de todo o cuidado na escolha da nova casa, dos objetos que vão continuar com o idoso e atenção especial no suporte do morador, chegamos na fase de adaptação e organização da casa nova.

Alguns itens que merecem atenção são a disposição dos móveis, para facilitar a movimentação do morador, evitar tapetes e outros itens que atrapalham na mobilidade e estabilidade.

Já os objetos de uso diário, devem ficar em lugares de fácil acesso, nem muito altos ou baixos, para não precisar da ajuda de bancos ou escadas para acessá-lo, ou evitar que o idoso precise se abaixar também. 

E vale lembrar, o idoso precisa de independência e segurança para se movimentar livremente na sua casa, e transformar o novo espaço em um lar com novas memórias e felicidade.

Quer se tornar uma personal organizer profissional?

Conheça então o curso Organizada Pro, da Flávia Ferrari, home expert, que compartilha suas técnicas de limpeza e organização há mais de dez anos nas redes sociais. A autora do livro A Dica do Dia, ensina a como transformar o hobby da organização em profissão. Saiba mais com nossa equipe através do WhatsApp: https://wa.me/5511950078801 .

Beijos

6 DICAS PARA FAZER A LIMPEZA DO FILTRO DE BARRO

DICAS PARA VOCÊ TOMAR DECISÕES AINDA EM 2020

EM 2023 NÓS PRECISAMOS NOS PERMITIR

COMO LIMPAR O SOFÁ EM CASA

flash da obra

rapidinhas

© Copyright 2024 | flaviaferrari.com.br | Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: mufasa