rebelde

DEVOLTA1

Decretei hoje, via instagram, que tinha realmente voltado para casa.

Como assim, Flávia, endoidou de vez? Você chegou de férias há quase um mês.

Sim, e neste quase mês passado a volta a rotina quase me engoliu. É impressionante a quantidade de pequenas coisas a serem resolvidas que tomam nosso tempo a grandes goles. E não precisa ser algo muito sofisticado nem extraordinário não. Você que me lê aí do outro lado da tela sabe bem como uma simples compra de supermercado pode levar muito mais tempo do que imaginamos.

Mas não é sobre como nosso tempo é corrido que eu quero escrever. O que eu quero hoje é a rebeldia, o ato de se rebelar.

DEVOLTA3

Não estou falando nem de longe das manifestações de rua, muito menos das revoluções do bem (existem algumas do mal também).

Minha vontade é de uma rebeldia interna, sem gritos nem tiros. Apenas uma rebeldia sobre o status quo das coisas. Uma rebeldia que pode ser  chamada de inquietação, que  nos coloca em uma posição crítica na análise da vida. É aquele comichão que  faz o curso do navio em direção do que realmente queremos e valorizamos. Ah! E como esta rebeldia faz bem!

Vamos de rebeldia para encontrar os amigos queridos pelo menos uma vez ao mês – porque tem muito amigo que a gente fica sem ver por anos, porque, em tese, eles estarão disponíveis para sempre.

Vamos de rebeldia para colocar em prática aquele projeto de emagrecer e começar os exercícios, não importa a idade.

Vamos de rebeldia para mudar os móveis da casa de lugar, ou tomar coragem para pintar aquela parede de amarelo.

É difícil, exige esforço e disciplina para não deixar o tempo passar em branco? Exige sim, mas garante dias mais coloridos.

A minha rebeldia de hoje foi comprar flores. Quatro vasos de orquídeas, que eu sempre coloco na sala de estar de casa quando estamos por aqui.  Para mim, elas trazem uma energia renovada, uma proteção, um carinho extra.

Vejam só que ironia: passaram-se 28 dias sem que eu fincasse a bandeira da minha chegada. 28 dias que correram mais do que as minhas pernas.

Mas que servem, certamente, para deixar alguma lição.

Viva a rebeldia!

Beijo grande

DEVOLTA2

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

LIMPADOR DE ÓCULOS DE SOL E GRAU MISTURINHA PARA DESAMASSAR ROUPAS COMO DESENROLAR FILME PLÁSTICO FÁCIL COMO HIGIENIZAR COLHER DE PAU COMO LAVAR TRAVESSEIROS EM CASA COMO LIMPAR MOCHILA: PASSO A PASSO COMO TIRAR PELO DE CACHORRO DO SOFÁ COMO DESEMPERRAR GAVETA E ZÍPER 7 MENTIRAS SOBRE O VINAGRE (E 1 VERDADE) COMO TIRAR CHEIRO DE MALA
LIMPADOR DE ÓCULOS DE SOL E GRAU MISTURINHA PARA DESAMASSAR ROUPAS COMO DESENROLAR FILME PLÁSTICO FÁCIL COMO HIGIENIZAR COLHER DE PAU COMO LAVAR TRAVESSEIROS EM CASA