cômoda peregrina

Um belo dia, a querida Mari Mari – amada e idolatrada, salve salve! – escreveu um post sobre quartos de bebês e terminou pedindo algumas dicas para os leitores.
Eu, abelhuda como sou, mandei a minha:
Flávia disse…
(…) Minha dica: usar peças que depois você possa reaproveitar em outro cômodo da casa.
Como assim?
Por exemplo: a cômoda trocador.
Por um tempo ela é útil, depois vira um trambolho andando pela sua casa.
O que eu fiz com a minha primeira filha: comprei uma cômoda antiga linda, que serviu de trocador quando deveria ser trocador e agora pousa, maravilhosa, em minha sala de estar com a roupa de mesa.
Sacou?
A idéia, como você colocou, é pensar além da barriga…
Beijoca”
E ontem remexendo em fotos antigas achei estas, para ilustrar a idéia. Note que as fotos foram tiradas muito antes de eu ter idéia de ter um blog, então dêem um desconto, tá?

Esta é a cômoda. Comprei numa daquelas lojas de móveis usados perto do cemitério (acho que se chama cemitério Redentor, para quem é de SP). Negociei e eles me entregaram patinada (na verdade foi mais um decapê, mas gostei muito)

Esta sou eu, toda feliz e grávida – anos a menos e quilos a mais – no dia em que a cômoda chegou. Estava radiante. Lógico, era meu aniversário 😉

E esta é a composição da cômoda no quarto da minha filha. Um detalhe bacana, qua a gente lembra sempre com carinho, é que as paredes deste quarto foram pintadas por mim e pelo maridex.

E hoje, em minha sala de estar. Como disse, nas gavetas eu guardo toalhas, guardanapos, jogos americanos e algumas peças de decoração que não estão em uso. Adoro a versatilidade e a mudança. Acho que trazem sempre novos ares e vibrações boas para a casa.

Agora, para comprar peças usadas, olho vivo. Mais importante do que a beleza dela, é a QUALIDADE do móvel. Verifique se há furos de cupins, diferenca de madeira, como correm as gavetas, etc. para o barato não sair caro.

Beijoca

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE

  • lousa pintadalousa pintada Eu aderi!Sim, como muita gente mostra pos aí, também aderi à lousa pintada na […]
  • brincando de decorarbrincando de decorar Bom dia a todo mundo! Começando a semana com o pé direito!Na minha casa criança tem vez. […]
  • forma e funçãoforma e função Ontem foi um dia corrido e intenso para mim. Tive que refletir e decidir sobre coisas […]