mezzaluna

E daí que ontem foi um dia caseiro, daqueles domingos que eu adoro.

Começamos com um programa bem paulistano: café da manhã na padaria com pão na chapa, pães de queijo e muitos cachorros passeando pela rua para a alegria dos meus filhos. A sogra foi convidada e muito bem vinda. Também veio a pé porque está a dois quarteirões de distância da minha casa.
Da padoca voltamos para casa. Brincadeiras mil com as crianças, uma sessão de Encantada – para mim o melhor conto de fadas de todos os tempos – e fomos ficando, ficando… delícia.
Mas a geladeira estava vazia.
E quando isto acontece sempre recorro ao risoto – pela facilidade e imenso prazer que tenho em prepará-lo. Desta vez a Rita me emprestou a receita online.E no meio dos preparativos usei o que eu mais gosto.
A mezzaluna.
Esta faca semi circular, com um nome romântico para mim faz toda a diferença. Pica a cebola, o manjericão, o tomate seco e o que mais for de modo divertido, quase lúdico.
E assim fica pronto o prato com cor, aroma e sabor. A toast!

E no fundo da foto a confissão de que me rendi ao baleiro porta temperos. Amei!

Beijoca

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE