na hora certa

relógio1

 

Algumas coisas são hábito puro, sem a menor explicação lógica.

Eu tenho por convicção que toda cozinha deve ter um relógio. Houve época, a meu ver, que um relógio na cozinha era “must have”: era com o ele que controlava-se o tempo de cocção,  corria-se para fazer o almoço e sabia-se ao certo a hora de sair.

Hoje, muitos eletrodomésticos  de uma cozinha vem com relógio embutido, timer e/ou função digital que só falta falar. Temos relógio no telefone, no carro, de vez em quando no pulso (de preferência, aquele da moda). O relógio em formato de frigideira azul calcinha que minha mãe tinha na cozinha virou peça de museu.

E desnecessário nestes tempos modernos.

Mas mesmo com toda a razão torcendo contra, eu comprei um relógio para a minha cozinha. Está lá, na porta da geladeira me lembrando que o tempo passa, mas os hábitos ficam.

Beijo grande

relógio2

Flávia Ferrari

Engenheira E “dona de casa profissional” Abandonou uma carreira executiva para dedicar-se à maternidade e à vida doméstica e percebeu que havia um hiato de conhecimento sobre o tema. Começou a registrar todas as suas descobertas em seu site, FLÁVIA FERRARI, que gerou vários desdobramentos: revistas e programas de TV aberta e fechada. Sua mais nova empreitada é o canal A Dica do Dia no YouTube, onde posta vídeos com pequenas dicas domésticas todas às terças e quintas.
Flávia Ferrari

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE